quinta-feira, 30 de abril de 2009

Cartas de amor

Cartas de amor não tem nada exatamente relacionado ao meu dia-a-dia, mas eu quero falar sobre isso hoje. Primeiramente, eu vou falar do meu dia-a-dia mesmo. É, eu sei que é terrível repetir a mesma expressão no mesmo parágrafo, mas quem está ligando pras regras de português hoje? Eu tive quatro aulas seguidas de exatas (Física, Matemática, Matemática e Física), então eu estou mais do que cansada de pensar. Vocês me perdoam, certo? Ai de quem não perdoar também, hunf!
Bem, estávamos falando da minha rotina. Acho que a grande novidade da semana é a posição que a minha escola pegou no ENEM. Well, well: todos sabemos que o ENEM não pode ser usado para avaliar o ensino das escolas, porque a prova é opcional e você não precisa fazer se não quiser, obviamente. De qualquer forma, minha escola pegou a posição 70 - porque eu não sei a pronúncia de 70°, Setentésimo lugar? - e foi a primeira escola estadual do ranking. Provavelmente foi a única com uma média mais descente, de 58,8 se não me engano. O ponto é: estamos na mídia, pessoas! Já vieram três jornais tirar fotos da escola pra reportagens - a propósito, um dos fotógrafos tentou me cegar - e até a Globo News já marcou entrevista com o diretor, aparentemente. Não que nossa escola seja algo tão "Uau!", mas parece que é a única da rede estadual que dribla as regras do governo e repete todo mundo em qualquer ano. Bem, nosso diretor é bem intimidador, até mesmo com os professores, então eu acho que seria tão difícil seguir as regras na escola. Tenham medo do Camilo, muito medo. Maaas, para os interessados, a notícia está bem aqui.
Tá. Esta semana foi meio corrida, porque o bimestre acabou hoje e tivemos várias provas. Segunda-feira eu faltei, então a semana foi mais curta para mim. Fui numa ginecologista pela primeira vez, mas não foi tão pavoroso. Viva a virgindade!
Isso é algo que eu deveria publicar no blog? De qualquer forma, depois da consulta eu fui até o Cedasp para resolver algumas coisas relacionadas ao estágio que eu "ganhei". Na verdade, é um projeto do governo desde 2007, onde são selecionados 200 alunos de diversas escolas e classes sociais por suas notas, para serem submetidos a um treinamento e 120 que se mostrarem "capazes" receberão um estágio. Eu estava procurando emprego, de qualquer forma. Um viva ao estágio, pessoas! Viva!
São as minhas grandes novidades. Agora, eu vou falar das cartinhas de amor. Cartas de Amor é, na verdade, um romance que eu estou escrevendo - não que fosse surpresa, mas agora já contei mesmo! Enfim, eu fiquei pensando nisso. Quem aqui já escreveu E entregou alguma carta de "amor"? Não sejam tímidos, me contem! Eu mesma já fiz isso, e foi a coisa mais absurda que já fiz. Imaginem que na época eu tinha 11 anos e tinha acabado de criar duas personagens femininas, e desenhei as duas na cartinha. Fora que coloquei os nomes delas também. Eu deixei até o meu email e msn pro garoto me responder. Hoje eu rio de mim mesma, foi definitivamente uma das minhas piores mancadas. 8D'' Mas, eu era inocente, vejam por esse lado.
Cartas de Amor não são simples cartas. Eu acho que para uma garota elas significam muito mais do que papel e palavras. Para as que já escreveram, quanta coragem vocês tiveram que juntar para conseguir escrever uma? E para entregar pessoalmente? E a expectativa que quase te fez infartar?! Nossa, nossa! Bons tempos, velhos tempos. As cartinhas de amor fazem parte da vida de muita gente, tem muito sentimento nelas e tudo o mais. E acho que foi só nisso que eu pensei.
Bem, antes de fugir - sim, fugir. É mais legal que "ir" ou "despedir" - eu acho que devo dizer a nota que tirei na prova de matemática, a qual eu esperei tanto saber. 4,5, caros leitores. Sim, por meio ponto, eu não tirei uma nota azul em matemática. Estou tão decepcionada e chocada quanto vocês. E eu quebrei a cabeça literalmente nessa prova, fiquei até desnorteada e com a cabeça dolorida de cansaço. x-x Mas, nem tudo é como a gente quer, afinal.
Certo, eu fico por aqui. Balinhas pra todos, Kissu Kissu, Ja ne! o/

Song: In my heart - My Favorite Highway
Kisses: Tappi, Hitomi, Becky, Mari, Vini, Annie, Kira-san (que me deixou uns 10 comentários XD) e todas as pessoinhas que falam comigo todos os dias. 83

domingo, 19 de abril de 2009

Não que eu tenha algo a dizer.

Eu só resolvi que devia postar mesmo. Primeiramente: oi! Eu não vou perguntar se estão todos bem, porque vocês não respondem e eu sei. Então, vamos logo para os finalmentes. :D Para começar, eu não tenho absolutamente nada pra dizer. Para ser sincera, eu não me lembro muito bem do que fiz nessa semana. Aliás, como foi a semana?
Só sei que amanhã não tenho aula, terça é feriado e eu estou toda gay e saltitante com isso! Eu não entendo porque o segundo ano de todo mundo foi o mais fácil e o meu é o pior. Quer dizer, pessoas, socorro! \o/ Eu tenho um seminário, um trabalho pra entregar, uma pilha de lição de casa e seis provas na semana que vem! Êis aí o problema de estudar no Lúcia de Castro (quem está lá entende muito bem): os professores usam feriado como desculpa pra marcar provas e trabalhos na sequência. E, eu não sei exatamente o porque, mas sinto que já disse algo parecido antes. Comentando no blog da Kira-san, talvez. Tsc, de qualquer forma, estou ferrada essa semana. Para minha infelicidade, quarta-feira minha professora de matemática trará as provas. Finalmente vou saber como fui, depois de 1hra e 40min torrando meus já escassos neurônios! Desejem-me a maior sorte do mundo, queridos! o/
Well, well. Isso era tudo o que eu tinha pra dizer; talvez fosse mais inteligente ter enrrolado um pouco mais para ter um post em um tamanho considerável. Ah! Esta semana eu assisti "P.S. Eu te amo" com minha mãe e, acreditem, é perfeito. Eu chorei o filme todo, ri o filme todo, ri chorando o filme todo. É muito bonito, o enredo é bem elaborado e é extremamente emocionante. Eu recomendo mil vezes para todos vocês, assistam! E chorem, chorem o filme todo sem vergonha!
Durante meu tempo de tédio - que está consideravelmente extenso essa semana - eu tenho jogado pupe, e voltei a ler fanfics. Encontrei uma muito interessante de Soul Eater no fanfiction.net, e recentemente comecei a escrever um romance - com personagens criados por mim e tudo o mais! Mas estou num bloqueio-de-criatividade terrível, e não sei exatamente quando vou conseguir terminá-lo. Espero que logo.
De novidades a mais, só que vou fazer meu CPF segunda-feira (Não sei se esse post vai sair com a data de hoje ou de segunda, então...) e que pretendo arrumar um estágio/emprego/trabalho/o-que-vier-primeiro. Pessoas, eu sou gente grande! \o/ Vivas para mim!
Ok. Agora chega de toda essa coisa enrrolada, estranha e alegre. Encerrando por aqui, até o próximo post! Kissu Kissu, Ja Ne! o/

Song: Mercy - One Republic
Kisses: Para todos os amiguinhos felizes. o/

sexta-feira, 10 de abril de 2009

i'll sing you morning lullabies

Juro que eu estou preparando a nova versão, juro! E eu tentei postar essa semana (um post bem criativo, por sinal), mas a internet não colaborou, a telefônica se "revelou" e meu post não rolou. E sim, fiz as rimas de propósito.
De qualquer forma, eu estou totalmente sem criatividade, sem vontade e tudo o mais. Mas eu preciso atualizar o blog! Então, hoje, sem posts filosóficos e bem elaborados; hoje só tem minha vida pessoal e estranha mesmo.
Minha vida vai bem, apesar da "crise depressiva" que tive recentemente por motivos que prefiro não citar. Sim, eu também quero matar as pessoas quando deixam a gente na curiosidade mas, acreditem, não há necessidade de entrar em detalhes. De qualquer forma, minha vidinha continua a mesma e se resume à escola, casa e computador. Esses dias na escola estava meio chato, eu estou meio decepcionada com algumas pessoas e ficar perto delas é um saco. :/~ Sabem quando vocês ficam em uma certa situação por tanto tempo que uma hora se cansam e querem mandar tudo e todos pelos ares? É mais ou menos isso. Eu particularmente acho o cúmulo você se sentir deslocado no seu próprio círculo de amizade. A parte foda - desculpem pela palavra feia - é que não me sinto bem o suficiente para falar sobre isso com essas pessoas, e não posso me afastar delas nem nada, já que aparentemente eu não tenho motivos. Sim, é bem besta, mas me incomoda e é uma situação meio delicada pra mim. Mas vamos cortar a parte do desabafo. Vamos pular pra parte: eu tirei uma nota ótima em física! Sim, eu tirei a nota máxima na prova, eu peguei a matéria e estou indo muito bem! Também melhorei em matemática, apesar de não ter certeza de fui bem na prova da semana passada. Acreditem se quiserem acreditar: eu levei 1 hora e 40 minutos para fazer uma prova, e só respondi 19 de 25 questões (Isso contando a, b, c, d e etc). E não, não estou nem um pouco confiante sobre a minha nota. x_x
O que mais posso contar? Hoje era pra ser sexta-feira Santa, mas o meu post pode sair com a data de sábado, então não seria mais. Feliz Páscoa para todos, então! o/ Espero que o coelhinho - e os seus pais - seja generoso com vocês, pois comigo ele não será. ;w; Mas eu supero, eu supero.
Bem. Soul Eater - o anime que eu acompanhava, para os desinformados - acabou semana passada. E foi trágico. Foi uma facada no meu peito, entendem? Não sei se vou superar isso, estou quase baixando e assistindo tudo de novo. O final foi ótimo, mas eu esperava mais, e isso foi decepcionante. Toradora também acabou, e parece que terá uma segunda temporada, mas até lá estou sem o que ver. Sugestões? Não muito "compridas", de preferência. 8D
Well, eu estou cansada e sem saco para escrever mais. Já tem muitas novidades! Kissu Kissu, Ja ne! o/
(Que forma mais absurda de encerrar um post.)
Song: Scars - Papa Roach/Morning Lullabies - Ingrid Michaelson
Kisses: for all! :*