sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Adeus ano velho, feliz Ano Novo!

Como vocês bem sabem, eu não acredito nessa de "ano novo, vida nova". Muito pelo contrário. A vida, meus caros leitores, é sempre a mesma, até o fim. O que muda é a forma de vivê-la.
Que tipo de promessas vamos fazer este ano? Poluir menos, fazer mais boas ações, arrumar um bom emprego e um namorado? Estudar mais, não brigar com os pais, beijar menos de cinco pessoas na balada? Essas e outras são coisinhas comuns que a gente promete e sabe que não vai cumprir - pelo menos, não do jeito certo.
Prometa, a si mesmo, o seguinte: serei uma pessoa melhor. Êis aí o primeiro passo para mudar sua forma de viver. Não é necessário fazer grandes mudanças, não é necessário salvar uma vida ou mudar o mundo para fazer a sua parte. Comprometa-se consigo mesmo, e você já está fazendo a sua parte. A vida é uma dádiva, e os obstáculos são apenas as pedrinhas do caminho. Elas podem machucar os pés, mas nós podemos passar por cima delas mesmo assim. Não fique preso a ditados ou a estereótipos, seja apenas você mesmo, só um pouquinho melhor. Se as mudanças não acontecerem, não as espere: faça-as. Não se arrependa, não pense "e se...", não perca seu tempo pensando no que mais poderia ter sido feito. Olhe sempre para frente, corra atrás de seus objetivos e mostre ao destino que você faz o seu caminho. E tudo bem se você não puder caminhar por ele - é bem bacana pegar um ônibus ou um táxi de vez em quando, ou ainda um patinete. A vida é uma estrada, existem vários meios de locomoção, mas apenas uma direção. Siga em frente. Pinte seu cabelo, faça uma dieta, jogue a dieta pela janela, coma chocolates e corra para a academia no dia seguinte, mas viva! Viva e não se arrependa. Que este ano seja, para vocês, o início de uma longa viagem. :3 Pois a vida é uma viagem, e não tem graça se a gente não aproveitar intensamente - ainda que seja do nosso jeitinho.
A vida não muda, caro leitor. O que muda é você.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal, ou Christmas ou Weihnachten!



"Natal, Natal, Natal
Espalhe essa magia ao ser redor
E contagie o mundo com o que você tem de melhor.
"

Propaganda da Coca-Cola. :D

Claro que não podia faltar o meu post natalino, é claro! \o/ Eu sei que eu costumo fazer reflexões sobre o Natal e tudo o mais, mas este ano não estou afim. Simples e objetivo, não?
Na verdade, eu estou mais animada com o Natal! Estive planejando ir até o Shopping Iguatemi - e quem mora em São Paulo com certeza já ouviu falar - pois a decoração de lá é sempre muito bonita. A decoração em si não me decepcionou, muito pelo contrário, recuperou meu clima natalino! Mas o shopping, pra compensar... Primeiro que só a entrada dele estava decorada - foi-se o tempo em que os ambientes ENTRAVAM no clima do Natal - e não haviam muitas lojas interessantes. É, não me interesso pela Gucci e pela Dolche&Gabbana. Também não havia praça de alimentação, só milhares de "quiosques" de café. Com isso, descobri porque as pessoas ricas são magras: não tem praça de alimentação nos shoppings destinados a elas.
De qualquer forma, eu e Fer fomos até lá, tiramos várias fotos e depois voltamos para o nosos shopping de gente pobre. E lá nós fizemos compras. 8D Postarei as fotos mais tarde, estou me preparando para a ceia de hoje e não tenho tempo de editar, hospedar e postar cada uma das fotos lindas que tirei. Mas, sério, se você mora em São Paulo e está lendo isso, vá até o Shopping Iguatemi. A decoração é linda e ela se mexe, e é quase como estar em Hogwarts! As casinhas são lindas, realmente. E sim, vou matá-los de curiosidade. :D
Bem, este é meu post natalino. Sem enfeites, sem coisinhas bonitinhas e sem reflexões. Eu, e eu apenas! Desejo à todos um natal brilhante, cheio de luzes, sorrisos, abraços e árvores de Natal e, como diz minha querida Becky, fiquem espertos para os duendes! \o\ E tratem de agarrar um caso o vejam!
Kisu kisu, Ja ne! o/ Ho Ho Ho!



Have yourself a merry little Christmas,
Let your heart be light
From now on,
Our troubles will be out of sight

Through the years we all will be together
If the Fates allow
Hang a shining star upon the highest bough.
And have yourself a merry little Christmas now



Beijos para todo mundo que comemora o Natal
Ouvindo a televisão.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Fuvest me fudeste & Natal

... mas eu tenho absoluta certeza que o título já disse tudo. Pois é, meus caros leitores, Fuvest não é pra qualquer um. Eu não passei. Antes que vocês se desesperem, saibam que eu estou muito bem, obrigada. :D Apesar de não ter passado, acertei cerca de 45 questões, ou seja: metade da prova. Apesar disso, minha nota de corte era 56, então eu precisava de mais 12 questões para conseguir ir pra segunda fase. Mas Tudo bem! Assim que corrigi a prova já comecei a fazer meus planos, e estou orgulhosa do meu desempenho - já que, diferente dos meus concorrentes, que devem ter feito de 2 a 5 anos de cursinho, eu fui pra lá só com meu conhecimento e fé em Deus. xD
Mas vamos falar do que de fato nos interessa, por agora: o Natal! Natal é, definitivamente, minha época favorita do ano. Eu não tenho palavras para explicar essa mágica, esse sentimento gostoso que ele me traz, mas é simples assim: eu sou muito mais feliz no Natal. Eu fui criada em uma casa onde essa época sempre teve extrema importância, e sempre ajudei minha mãe a fazer coisas como escolher os embrulhos, comprar presentes e montar a árvore de natal. Para mim, viver o Natal intensamente, todo ano, é algo muito comum. Apesar disso, meus natais já não têm sido mais tão felizes, porque desde que me mudei para um apartamento e deixamos de comemorar na minha casa, minha família - as duas partes dela, materna e paterna - simplesmente deixou a celebração de lado. Esse ano está ainda pior, porque ninguém, praticamente, vai comemorar. Meu tio, irmão de mamãe, nos convidou pra ficar na casa dele, e talvez outra tia vá pra lá. Mas, embora passar com a família seja maravilhoso, eu sinto falta da árvore rodeada de presentes e dos sorrisos e abraços que dávamos à meia-noite. Ai, ai.
Bem, minhas aulas terminaram finalmente. :3 Já estava mais do que na hora, eu finalmente estou formada! Como minha escola não tem formatura, dia 03 deste mês foi o último dia que tivemos para ver nossos amigos e colegas de classe e de escola, a galera que passou 3 anos do meu lado, enxendo o meu saco e fazendo meus dias mais divertidos. Teve muita gente que chorou, tiramos muitas fotos e nos divertimos pra caramba, foi muito gostoso! Até nossa professora de matemática, companheira de qualquer parada, acabou chorando. Bem, com certeza foi bem emocionante! xD Não sei se não caiu a ficha ou se eu lido muito bem com isso, mas não chorei nenhuma vez nem tive nenhuma crise de saudades e tal. De qualquer forma, foi o que eu disse pra todo mundo: os amigos que são de verdade, de verdade mesmo, com quem você podia sempre contar, nunca vão deixar de ser nossos amigos. Por isso que eu já vi praticamente todas as minhas amigas ainda nessa semana, nem deu tempo de sentir saudade! xD
Segue uma foto do nosso último dia, tirada na quadra, durante a aula de educação física.



Que povo mais bonito, não? :D

Bem, eu não estou assim com muito assunto, estava até com preguiça de postar. As únicas coisas que fiz essa semana foi ir com minha amiga, Fernanda, no shopping pra fazer comprinhas de natal (afinal, eu sou ótima conselheira, sabiam?) e ontem fui até o Anglo, aqui perto de casa, pra fazer uma prova de bolsa - pra conseguir um pouco de desconto na mensalidade do cursinho, que é uma pequena fortuna. :0 Fora isso, não tenho mais novidades.
Enfim!
Eu fico por aqui, queridos leitores. :3 Mil beijos pra vocês! Ja ne! o/



Ouvindo Hold my Hand, Michael Jackson feat. Akon
Beijos para todo mundo, porque estou feliz hoje. 83

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

ENEM, SARESP e Floquinho

Olá, queridos leitores!
Tenho uma quantidade considerável de coisas pra contar, desta vez. Vamos pela ordem! Quem aí acompanhou essa palhaçada que foi o ENEM? Pois é, se ficaram indignados, saibam que eu fiquei mais ainda, pois fiquei, no total, mais de dez horas sentada em uma cadeira super desconfortável queimando meus neurônios para responder àquela prova. Fiquei mais indignada ainda porque não peguei a prova amarela em nenhum dos dois dias, e quero só ver alguém vir me dizer que preciso fazer de novo. Antes que digam "ah, é injusto", saibam que eu tirei uma boa nota e acho injusto eu arriscar perdê-la por causa dos erros estúpidos dos organizadores da prova. Acho totalmente válido que os alunos prejudicados, que fizeram a prova AMARELA façam de novo, basta olhar no sistema quem assinalou essa cor no gabarito. Além do mais, já sabem até os estados onde foi usado o lote com defeito, então, acho muita sacanagem eu pagar por esse erro. Pronto, falei.
Deixando essa parte de lado - porque ainda me deixa indignada só de lembrar - eu recebi uma vale revisão do Anglo, e ganhei dois dias de revisão pro vestibular gratuitamente. Várias pessoas comentaram, "Ah, mas só dois dias... será que vale a pena?" Bem, na minha opinião? Totalmente. Acho que não só pra quem vai fazer uma Fuvest, ou uma Unicamp, ou uma dessas particulares caríssimas e renomadas, mas qualquer pré-universitário deve achar tudo válido. Uma apostila da escola, uma revisão, uma lida nos cadernos na semana antes da prova, tudo isso é válido, a meu ver. Aliás, eu sinto que conseguir essas aulas de revisão exatamente na semana da Fuvest é um sinal divino. u_u/ Que venha a luz! Afinal, o primeiro passo pra entrar numa boa faculdade é acreditar em si mesmo, não?
Mudando de assunto, ontem e hoje foram as provas do SARESP na minha escola. Fiquei satisfeita, porque, nos dois dias, eu devo ter chutado umas 10 questões, e são 48 no primeiro e 24 no segundo. As provas não eram nem um pouco difíceis, muito pelo contrário: as questões eram, basicamente, teoria. Tinha uma, inclusive, que basicamente perguntava a fórmula do seno. o_ô Foi bem fácil, mas serviu pra lembrar alguns conteúdos. Notei que não sei definir nada, mas ler o enunciado faz as coisas voltarem pra memória, e achei isso bem interessante. O vestibular é semana que vem e estou super tranquila, e cada vez mais confiante. Super! :)
E, agora, a novidade do momento: eu tenho um hamster! A história começa no mês passado, quando meu irmão encontrou um filhote de pombo todo machucado, e trouxemos ele pra casa, pra cuidar dos ferimentos. No dia seguinte, ele estava até animado - demos a ele/ela o nome de Paçoquinha. Infelizmente, depois de passarmos os remédios, ele acabou morrendo. Antes fosse só isso - o animalzinho ficou agonizando por cerca de 40 a 50 minutos, e meu irmão chorou, gritou e agonizou junto durante todo este tempo. Meu pai acabou se "doendo" de ver o estado do garoto (pra quem não sabe, tenho um irmão de 11 anos - faz 12 em janeiro), e prometeu um hamster à ele. Comentou com um amigo e, bem, esse amigo - o Renato - nos deu um hamster de presente! o_o É, com comida, gaiolinha e tudo! Demos a ele o nome de Floquinho - eu queria Felpudo, mas não deixaram ;w; - porque é branquinho como floquinhos de neve. Ele até começou calmo, e é bem mansinho, adora andar nas pessoas. Mas aí, meus caros leitores, está também seu maior passatempo, andar! Por Deus, ele é um hamster ninja! Ele subiu no teto da gaiolinha e jogou-se, sobe no potinho de ração, sobe o bebedouro, no sofá ele sobe até o escosto e sai pulando pelos cantos! Está super inquieto, achei o máximo.
Bom... essas são as minhas super-novidades-do-momento. Não trouxe fotos da árvore de natal porque descobrimos que o dia "certo" de montar é 30 de novembro, e papai cismou que só vamos poder montá-la no dia. Enfim, que posso fazer? :0 Ao menos vai me deixar mais feliz, já que a Fuvest é no dia 28 e vai me deprimir totalmente, há! xD
Bom, queridos leitores. Sem texto hoje, porque o post já está com tamanho considerável, ok? Beijos para toooodos! Ja ne! o/

Ouvindo Bring on the wonder, Susan Enan
Beijos especialmente para Tomie, Yuu, Becky, Kamila, Marcelly, Fer. ♥

domingo, 31 de outubro de 2010

It's Halloween! Trick or treat?

Gostosuras ou travessuras? Pois é, meus queridos leitores, aos 45 do segundo tempo eu venho com um layout de halloween. :3 Eu não queria ter trocado, não tinha enjoado do anterior, mas acho que já estava na hora. E, apesar de ser de halloween, este aqui fica até o final de novembro, porque tenho uma preguiça fora de série de trocar! o/ E não tenho a mínima intenção de preparar uma versão toda nova só pra trocar de novo em dezembro - é, olha só a que nível chegamos! :O E pensar que eu trocava layout todo santo mês! Mas acho que é de se esperar que, conforme a gente cresce e amadurece, a gente comece a criar esse desapego das coisas, não? Mas todo mundo sabe que eu nunca vou conseguir abandonar o Hishoku, no fim das contas... ele é o meu filhote. xD
Bem, vou enrrolar menos e falar mais, ok? :3
Novidades são poucas. Nos últimos dias eu tenho estudado - embora pouco, já que não faço a mínima idéia do que estudar. Minhas notas em exatas aumentaram, assim como o meu entendimento das matérias, e até em química eu estou melhorando - esta última, mais pelo meu esforço (e da minha "professora", Hitomi-chan) do que pela capacidade do professor, que não é lá essas coisas. Estou fazendo provas de vestibular e matando dúvidas, mas ainda sinto que, mesmo que tivesse feito tudo isso o ano todo, não vai ser o suficiente. Não tenho muitas dúvidas, já notei que lembro bastante do conteúdo, já ouvi de muita gente que eu sou do tipo que passa no vestibular, mas a minha auto-estima anda baixa. :/~ É estranho pensar que eu estou dando uma "revisada básica" no conteúdo, enquanto tem gente que passa 5 horas por dia se matando de estudar. Mas, talvez, seja a minha forma de fazer as coisas, não?
Também já viz a prova do PASUSP, uma prova onde, dependendo da sua pontuação, você recebe um número x de bônus nas provas da Fuvest. Minha porcentagem foi meio baixa, acertei 33/50 questões e consegui 1,66% de 3% de bônus. Mas já tenho 3% do Inclusp - protejo de inclusão para alunos de escola pública, na USP - e ao todo são 4,66%. Também fiz um simulado do ENEM e acertei 21/34 questões. Curiosamente, em ambas as provas, eu acertei entre 63 e 66%, e é, justamente, a faixa de porcentagem que preciso no vest, pra entrar em psicologia. No mínimo intrigante, não? 8D
Bom... de novidades, era mais isso mesmo. Ah, sim! Essa semana vamos "montar" a árvore de natal, aqui em casa, então eu tiro uma foto e posto aqui pra vocês verem quando ela estiver pronta! *-* Minha árvore é a coisa mais linda! Vocês vão morreeeer de inveja! Há! xD Mas, enfim, eu fico por aqui. Nem vou prometer postar mais, a gente sabe que nunca cumpro - e, aliás, eu sempre falo isso em todas as postagens, se não me engano. :P
Beijos, queridos leitores! Deixo vocês com um textinho meia-boca que escrevi esses dias. :3 Até a próxima!

----------------------

Ironias sentimentais.

Eu não sei porque insisto em pensar em você.
Não entendo o porquê de falar tanto em você, de sempre fazer algum comentário, ainda que só de passagem, sobre a sua pessoa. Como se isso fosse fazer meus sentimentos tornarem-se mais claros.
Você simplesmente domina meu ser. Tem a audácia de aparecer repentinamente em minha vida e gravar seu nome em todos os cantos. Tem a astúcia para me iludir com seu jeito doce e inocente a fim de, unicamente, roubar meu coração, e fazer dele sua propriedade sem sequer consultar-me a respeito.
E eu, é claro, sou apenas uma mera espectadora, que te assiste silenciosamente a executar o seu plano tão minuciosamente elaborado.
Você deveria se envergonhar. Você deveria sentir-se constrangido o suficiente ao ponto de mudar de nome e país, por fazer-me tudo isso e ainda ter a o atrevimento, o arrojo, a ousadia de me fazer esperar pela sua resposta.
E, veja só. Depois de tudo, até pra dizer isso eu precisei pensar em você. Irônico, não?





Ouvindo Airplanes, B.o.B. feat. Hayley Williams
Beijos para todo mundo, cara!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Futuro em menos de um mês

Não é segredo pra ninguém que eu vou prestar vestibular este ano e não estudei nem um pouco. Sim, ser boa aluna a vida toda cansa, meus caros leitores, e foi por pura preguiça. Mas hoje - na verdade, praticamente agora - resolvi que, já que vou fazer o vestibular, não custa nada estudar ao menos um pouco. Então, acho que vou ter que deixar o computador e a "vida social" um pouco de lado e vou mergulhar de cabeça nos meus livros. A primeira fase da Fuvest - único vestibular que vou prestar - é dia 25 de novembro, o ENEM até onde sei é dia 6 e, bem, o futuro está aí, bem na minha frente. Acho que tive um surto, mas ok, eu vou superar. :) Me desejem sorte, sim?
Sei também que mal tenho dado atenção ao blog, e é falta de vontade mesmo. Mas todo mundo sabe que eu não tenho coragem de fechá-lo simplesmente, não? Se não, estão sabendo agora. Mas acho que, com esse desaparecimento que estou planejando, eu talvez poste mais, pra dar notícias, né. :3 Sei que não vou abandonar esse bendito computador, porque sou extremely addicted, mas eu preciso dar um tempo. Vão me ver por aqui, eu garanto. xD
Bem, atualizações rápidas! Ontem terminei de assistir Kobato. - e eu demorei acho que três ou quatro dias, porque não contei direito - e hoje faltei à escola porque tive uma crise de insônia linda. Também tive a minha primeira aventura na escola com relação a quebrar as regras, no mês passado. Eu promeeeto explicar direitinho o que aconteceu depois, porque foi muito emocionante e precisa de detalhes! Mas, pra resumir, as duas turmas do 3° ano do ensino médio (ao todo foram 54 alunos) cabularam aula pra ira ao teatro - excursão cuja direção havia cancelado, sem nos explicar o porquê. :D Teve até convocação dos pais e tudo o mais, super incrível! Foi a primeira vez que fiz algo do tipo, mas fiquei satisfeita com o resultado. Ah, e é claro que a peça foi divina. (y)
Ultimamente também tenho recuperado minha inspiração para layouts - pra quem me conhece, sabe que eu sou uma laymaker assídua e que tenho mais de 100 layouts guardados aqui esperando para serem usados. xD Havia um tempo que eu não conseguia mais nada novo ou original e não conseguia passar minhas idéias pra eles do jeito que queria, mas depois de me viciar na série Fullmetal Alchemist (as duas versões do anime e mangá), acho que tive uma inspiração divina e comecei a fazer montes e montes de edições. E sim, estou muito satisfeita com isso! *-*
Bem, eu preciso ir dormir, já é meia noite e quarenta e um (em Sampa, por causa do horário de verão) e tal. Nem falei metade do que queria e acabei o post do nada, uhul! >8D E quero agradecer imensamente à galera que comentou e que continua acompanhando o blog, mesmo parado assim. Sério, vocês fazem o meu dia! =)
Beijos para todos! Ja ne! o/



Ouvindo Life goes on ~SideK~ do CHEMISTRY

domingo, 3 de outubro de 2010

会いたい







Hey, I want to meet you right now
(Hey, eu quero te encontrar agora mesmo)
The plain text that hides the truth
(O texto simples que esconde a verdade)
Is always never delivered to your heart
(Nunca é entregue ao seu coração)

I want to meet you, meet you
(Eu quero te encontrar, te encontrar)
The "I like you" we exchanged that day
(O "Eu gosto de você" que nós trocamos naquele dia)
Will always be felt inside my heart
(Será sempre sentido dentro do meu coração)

Even if it's not delivered,
(Mesmo se não for entregue,)
I'll feel it
(Eu vou sentir isso)





Aitai [会いたい], Megpoid GUMI

sábado, 4 de setembro de 2010

Dias emocionantes ♥

Puxa! Faz tanto tempo que eu não posto que me pergunto se vou me lembrar de tudo o que eu deveria dizer. o_o Creio que não... Pra ser bem sincera, eu nem estou lá tão inspirada pra isso - então é de se esperar que saia um post bem confuso - mas eu estava ali, sem fazer nada, e pensei: "Hm, que tédio. Vou postar!"
É, e aqui estou eu, ué.
Aconteceu bastante coisa, e eu não estou com vontade de contar na ordem em que aconteceram. Pra começar, vou falar do meu novo vício: Fullmetal Alchemist. Depois de recomendação de dois amigos, resolvi, enfim, assistir à série - mas comecei pelo FMA Brotherhood. Queridos, é absolutamente PERFEITO! E o final? Eu super adorei o final! E vocês bem sabem que não é fácil um final me agradar, não é?
Bem, como eu disse anteriormente, fiquei viciada na história. Assim que terminei o anime (cof, eu vi 64 episódios em 5 dias! Meu novo recorde), não fiquei nem um pouco satisfeita - por mais que tivesse me agradado. Sendo assim, criei coragem e baixei a primeira versão da série. Meus caros leitores, preciso dizer que FMA Brotherhood supera em muito o primeiro. Não só por ser fiel ao mangá - embora tenha algumas leves alterações - mas também por preencher todos os buracos deixados pela primeira versão. Algumas partes sequer receberam atenção, como, por exemplo, a história mirabolante por detrás do nome de cada um dos homúnculos. E eu podia citar mais um monte de coisinhas mirabolantes, mas aí seria spoiller e não teria graça, afinal. 83 Porém, ainda não satisfeita - mesmo depois de ver todos os OVAs e o filme - eu resolvi ler o mangá. E acreditem, é muito bom! Já li 28/108 capítulos. Tem muitos detalhes e coisas interessantes que nenhum dos animes cita - como, por exemplo, o fato de Edward escrever suas anotações de alquimia em forma de diário de bordo. Eu achei isso tão interessante! 8D Mas, bem, fim da parte otaku de hoje. *pose*
Também tenho uma super duper novidade: fui ao meu primeiro show, em toda a minha vida! E posso até dizer que comecei com "chave de ouro", já que fui ver Lulu Santos. Eu confesso que não sou lá muito fã do cara, mas ele tem músicas lindas e gostosas de ouvir - e todas me lembram praia, mar e surfistas. Curioso, não? Bem, de qualquer forma, o show foi maravilhoso, e o cenário mudava de cor! Fiquei totalmente encantada com este fato. o_o E fui à loucura quando ele cantou "Apenas mais uma de amor", que é a minha favorita ever dele. Fui com minha prima e seu esposo, comemos uns salgadinhos de bacalhau maravilhosos - e caríssimos - e tive direito até a um show de encerramento em um barzinho de frente ao HSBC Brasil, enquanto esperávamos o manobrista trazer o carro. xD Seguem fotos! o/





Àcima o ingresso, e a outra é do show. Lulu é aquele de calças vermelhas e camiseta cinza, no centro da foto. Foi muito gostoso, e eu e minha prima ficamos encantadas com o tamanho absurdo do cabelo da backing vocal dele. o-o
Bem, depois do show, a outra novidade bombástica é o fato de eu ter conseguido a minha isenção da taxa da Fuvest. :3 Afinal, não é todo mundo que pode pagar R$ 100,00 pra fazer uma prova, não é mesmo? Por mais tolo que seja, é a minha primeira conquista referente ao vestibular, e eu juro que quase saí voando quando li a mensagem que me declarava isenta! *-* Já me inscrevi no vestibular e tudo o mais, estou estudando aos fins de semana e posso até dizer que estou ansiosa. Não acho que eu vá mesmo passar este ano, no máximo chego na segunda fase... mas a esperança é a última que morre, então é isso aí.
Na escola eu estou indo bem, as notas estão boas e tal. Nas três sexta-feiras que se seguiram, assistimos filmes para a aula de história-apoio, sendo eles "O dia em que meus pais saíram de férias" - que eu já citei e é muito bom, recomendo para todos que se interessam pelo período militar e procuram uma boa representação do que ele era; "V de Vingança" - pelo qual eu me apaixonei totalmente, tanto pela história quando pelo charme do V; E, por último, Avatar. Este em questão tem sido muito comentado por aí, e confesso que os efeitos especiais e tudo o mais são bme legais mesmo. Mas eu vi uma crítica profunda no rumo que a humanidade está tomando, e, porque não dizer, a nós mesmos. Basta lembrar que a nossa sociedade simplesmente não aceitas as diferenças, e vocês vão entender porque este filme tem um enredo tão profundo e interessante. :3 Afinal, se filmes fossem feitos só de fantasia e efeitos especiais, não ganhariam prêmios!
Bem, tinha mais mil e uma coisas que eu deveria dizer, mas eu acho que este post já está bem grande. Agora, sim, temos um bom resumo do que anda acontecendo em minha vida!
Beijos para todos, queridos leitores! ♥



Uhul, eu tava lá!


Ouvindo Sereia/De repente Califórnia/Como uma onda, Lulu Santos.
Beijos para todo mundo que leu, e um especial pra quem comentou no post passado! ♥

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Poucas palavras, coisas demais.



"My love - a beacon in the night.
My words will be your light
to carry you to me."
Winter Song, Sara Bareilles & Ingrid Michaelson

Não tenho vontade de postar. Nem de escrever. Nem de nada. Não é desânimo, não. Ok, talvez seja, mas não é como se eu estivesse me arrastando pelos cantos. Só achei que tinha a obrigação de vir aqui e dar um "alô".
Hoje assisti "O dia em que meus pais saíram de férias" na escola, e confesso que mexeu comigo. Muito provavelmente porque estou na minha tensão pós-menstrual e, consequentemente, estou sensível. Em qualquer sentido: posso chorar por qualquer coisa ou te matar por qualquer coisa. Também joguei vôlei na aula de educação física e estou morta, quebrada, cansada.
Amanhã será um dia morto. Fins de semana andam assim. Minha vida anda assim, consequentemente. E o vestibular está aí, me assombrando.
Bom, era isso. Sem texto hoje, porque realmente não tenho nada pra dizer. É só um "oi". :)

"I still believe in summer days.
The seasons always change
and life will find a way.

I'll be your harvester of light
and send it out tonight
so we can start again."

quarta-feira, 28 de julho de 2010

I'll meet you in the sky




Que o nosso amor ultrapasse limites, atravesse fronteiras, que corra até cansar e viaje na leve brisa de verão.
Que possamos sempre sentir o calor de nossas mãos unidas, que possamos sempre sentir o carinho de nossos abraços e que possamos sempre sentir o amor de nossos beijos.
Que a vida nos traga novos sorrisos, novos sonhos e novas canções para que possamos cantar.
Que cada pequeno e simples gesto seja sempre único, que cada palavra doce e cada abraço seja incomparável e que cada olhar seja sempre inesquecível.
Que com estas mãos eu possa te entregar o meu amor, a minha vida e o meu tudo. E, se algo, algum dia, vier a nos separar, que eu possa te encontrar no céu, lá no alto, entre as nuvens, para que possamos viver tudo isso novamente.

domingo, 11 de julho de 2010

Falsos Amores + Férias + Bonnie&Clyde


Eu sou aquela que procurou incessantemente pelo amor, de todas as formas possíveis – de amar e procurar.
Conheci muita gente interessante, me atraquei com muitos caras fascinantes e fiquei ainda mais desejosa do que antes.
Viajei os quatro cantos do mundo, e li mil e um livros sobre amor. Todos os charmes e truques eu sei de cor, e, dos os sedutores, sou a pior.
Provei de beijos e vinhos e doces, provei do amargo em grandes doses e me deliciei em êxtase com cada uma das minhas posses, que, no final, nunca foram minhas.
Experimentei o amor em todas as suas variações e variedades, e me gabei deliciosamente das minhas diversidades. Vivi amores antigos e recentes, de filmes românticos e indecentes. Sonhei alto e caí desastrosamente, voei nos braços de muitos e amei desesperadamente. Senti em minha pele o calor sublime e desejei o amor como se fosse um crime.
Viajei por cada canto do planeta em busca do amor e experimentei todo tipo de dor. Enfim, alimentei meu desejo incomum até chegar a lugar nenhum.
Pois bem. Tentei tanto amar alguém que, no fim, não amei ninguém.

--------------------

Pois bem, eu estou gostando dessa coisa de iniciar posts com textos, É melhor começarem a se acostumar, queridos leitores, pois continuarei atacando! Há!
Troquei o layout, e acho que deu um "up" no blog. Fiz algumas mudanças, notaram? Acho que a mais "drástica" delas é a página de entrada, onde disponibilizei o download do IE Tab. Para quem não sabe que é, é um aplicativo bem pequenininho e simples, que possibilida uma visualização perfeita de páginas feitas para IE no Firefox e no Chrome. Acreditem, ele faz uma mágica incrível! Continuo me perguntando porquê não o instalei antes.
Bem, estou de férias! E, na verdade, já fazem dez dias, mas isso é um mero detalhe. Também ganhei de presente um roteiro de férias, o que me deixou consideravelmente desanimada, mas já terminei algumas coisas e, até o final da semana, creio que vou tê-lo resolvido por completo. Por enquanto, vou me concentrar em não fazer nada e aproveitar o meu delicioso ócio. :)
Esta semana fiz coisas legais, como ir na casa da Amanda estudar e fui no cinema quinta-feira, com ela e minha mãe. Assistimos Eclipse, e devo dizer que a produção do filme superou em vários aspectos os filmes anteriores. Acho que, agora que notaram que o lucro é enorme, resolveram não poupar nenhum centavo. xD Bem, é claro que os atores continuam os mesmos, Kristen continua praticamente com a mesma expressão facial o filme todo e Robert não consegue fazer o sorriso bonito do Edward do jeito que eu imagino que seja, mas, críticas à parte, o filme é muito bom. Aliás, acho que estou assim "crítica" por causa do Yuri, então, culpem-no. (y)
Quarta eu vou sair com Fernanda. Vamos ao cinema e tomaremos sorvete! Estou ansiosa, porque estou com um desejo avassalador de tomar sorvete. o_o E, claro, não falo com Fer desde que entramos de férias, então, estou com saudades.
Mudando quase que drasticamente de assunto, recentemente li uma reportagem sobre Bonnie e Clyde, um casal apaixonado de gangsters que aterrorizou os Estados Unidos há anos atrás. A revista é de fevereiro/2010, então eu estou realmente desatualizada. Mas, de qualquer forma, a reportagem fala sobre o livro "Wanted Lovers - As Cartas de Amor de Bonnie & Clyde", que reúne cartas trocadas entre os dois protagonistas. Bonnie e Clyde também foram tema de um filme, cuja uma nova versão está sendo feita. É claro que, no filme, o amor entre o casal tem muito mais glamour e "maquiagem" comparado à realidade, mas, acho que vale a pena assistir. Estou em busca do antigo, e vou aguardar pelo novo, que vai se chamar "The Story of Bonnie and Clyde" e será estrelado por Hillary Duff e Kevin Zegers - que eu particularmente achei um gato. Vale lembrar que a nova versão não é um remake da antiga, então, se tiver qualquer mudança maluca, já sabem. As filmagens começam em novembro, então, provavelmente só vamos vê-lo em cartaz ano que vem. De qualquer forma, acho que vai valer a pena conferir, pelo menos para conferir a história desse "amor bandido" entre duas pessoas.
Na reportagem há trechos de duas cartas, que eu vou colocar aqui porque achei bem interessantes. =)


"Estou só e triste, te quero mais que minha própria vida. Se você ficar mais tempo preso me tornarei tão louca quanto uma rata de manicômio."
De Bonnie para Clyde (março de 1930)

"Minha linda e doce esposa, também me sinto terrivelmente triste e só. Como vai o trabalho? Algum bêbado passou dos limites com você? Se acontecer, anote seus nomes porque eu não vou passar toda a minha vida nesse casebre"
De Clyde para Bonnie (sem data)


Interessante, não? Bem, de qualquer forma, eu fico por aqui. Kisses para todos, Ja Ne! o/

Ouvindo Bleeding Love - The Baseballs
Beijos para Tappi, Hitomi, Ado, Emi, Becky, Kira, Biny, Yuri, Yuu-chan, Kamila e Vini ♥

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Postagem rápida + Crônica

Eu acho que, para uma jovem da minha idade, estar em casa sozinha, com uma caneca de chocolate-quente nas mãos em um dia frio e sentada em uma poltrona - meio encolhida e vestindo um moletom velho - não é bem um plano para o fim de semana. O que mais eu poderia estar fazendo? Eu não estou exatamente de bom-humor para procurar algo para fazer. Ficar aqui em meus devaneios foi o que me pareceu... melhor.
Talvez eu não tenha lá muito jeito para relacionamentos. É verdade que alguns de meus amigos - ou a grande maioria deles - me disse que eu parecia melhor sem você, mas eu nunca me importei muito com isso. Eu realmente não acredito em metade do que eles dizem, na maioria das vezes. Não acho que o meu emprego tenha atrapalhado as coisas, afinal eu precisava de um aumento - e você sabia que eu realmente precisava -, ou o meu aluguel ficaria a ver navios, com o aumento das despesas.
O que exatamente deu errado? Eu procuro não passar muito tempo me fazendo essa pergunta, já que eu nunca encontro a resposta. Também procuro ignorar o fato de que esse lugar ficou totalmente vazio e sem vida desde o dia que você saiu. Acho que ainda não associei os fatos. Você saiu de uma forma tão pacífica que foi como se estivesse saindo de viagem. Eu realmente sinto que, a qualquer momento, você abrirá a porta e vai entrar com o seu cabelo desarrumado e seu sorriso meio torto, com aquele olhar sem-graça que me dizia "Desculpe pela demora". Eu sempre achei engraçado o seu jeito tímido de dizer que estava com saudades.
Quem sabe, se houvesse alguma discussão, se tivéssemos nos atacado com as palavras, eu entendesse tudo isso bem melhor. Ou se você realmente tivesse me abandonado, quem sabe. Parte de mim entende que todas essas reflexões são inúteis, porque fui eu quem disse "Acho que não está mais dando tão certo". Acho que fui eu quem destruiu o nosso relacionamento, afinal. Ficar agindo como se a culpa não fosse minha é algo completamente ilógico.
Dizem que o amor não é lógico, no final das contas. Completamente irracional.
Talvez eu nunca tenha sido uma pessoa racional. Tenho uma lembrança meio vaga daquele dia no restaurante italiano, quando você disse que o que te atraiu em mim foi o meu jeito meio "diferente". Eu me lembro também de você me dizendo algo sobre ficar comigo sem se importar pro meu jeito complicado. Você sempre dizia que gostava. Afinal, o que foi que deu errado?
Hm, meu chocolate-quente está começando a esfriar. "Talvez seja melhor pensar menos e beber mais". Eu sempre achei interessante seu jeito doce e educado de me mandar calar a boca. "Você pensa demais nas coisas" era uma das frases mais irritantes. Você sempre foi tão oposto - tão completamente diferente de mim, e completamente perfeito para mim. Sempre tão calmo e seguro, sempre resolvendo as coisas. Talvez você estivesse tão acostumado com essas conversas que realmente não acreditou em mim, quando eu disse que não seria fácil se eu ficasse. A frase não tem lá muito sentido, já que o apartamento é meu e você quem teria que sair.
"Nosso amor ficou clichê demais pra você?", e você enfiou as mãos nos bolsos. Depois uma delas correu para o seu cabelo, e você o deixou ainda mais bagunçado. Você olhava o chão, e seus cabelos tinham cor de chocolate amargo. Estavam mais escuros por causa da chuva que você tomou aquele dia - eu sempre gostei do tom do seu cabelo, mas achava bonito quando ele ficava daquele jeito meio úmido, mais escuro que o normal. Eu realmente desmoronei quando seus olhos de chocolate encontraram os meus, e meu coração ficou todo derretido. Só não sei porque continuei com o assunto.
Por que eu tomei essa decisão mesmo?
Não que estivéssemos em alguma crise de relacionamentos, ou que eu estivesse muito carente, essas coisas. Eu só... bem, eu não sei bem o que aconteceu. Eu ainda não encontrei a resposta, afinal.
Não sei porque ainda sinto meu coração pular no peito quando a campainha toca, eu sei que não vou encontrar o que eu realmente quero do outro lado da porta. Não que eu realmente devesse esperar por isso, é meio óbvio.
Então, porque você está aqui, me olhando com esse sorriso meio torto e esse olhar sem-graça de "Desculpe pela demora"?



--------------------------------------



Outro dos meus textos, dessa vez uma crônica. Ignorem erros de digitação, de gramática, nunca parei pra revisá-lo atentamente.
Continuo desanimada pra postar. Acho que só vou ficar feliz e colorida quando trocar o layout - o que é um problema, apesar dos erros horríveis no firefox, eu estou super in love com este aqui, que fica magnífico no IE.
Minha vida vai bem, suave e tudo e tal. Tive semana de provas - e quase morri - e fiquei doente. Já estou melhor, para os interessados. 83 Nos últimos tempos assisti Sailor Moon Classic e R, e já estou assistindo a série S. Não assisti filmes, fui na casa de minha amiga Amanda nesta semana pra conversar e hoje recebi a notícia de que Tappi - minha melhor amiga mais querida que chocolate - está voltando para Porto Velho, no domingo. Ela passou no vestibular, para medicina! Uau!
Postagem rápida, só pra ninguém pensar que eu morri. Beijiiiinhos para todos os leitores que andam acompanhando o blog!
Kisu kisu, ja ne!


Ouvindo Tsunaida te ni kiss wo (Instrumental) - Yumi Morita.
Beijos para Tappi, Hitomi, Becky, Biny, Ado, Yuri, Vini, Yuu e todos os demais amiguinhos. Beijo especial pra galera que comentou post passado!

sábado, 12 de junho de 2010

Sentimentos.

Ainda que seu sorriso esteja sempre iluminando o mundo, és um frágil dente-de-leão, o qual eu preciso proteger cuidadosamente entre minhas mãos.
Ainda que esteja sempre cheio de alegria, é preciso que eu precise te contar uma piada em alguns momentos da vida, ou o seu adorado riso desaparece.
Ainda que sinta a tristeza apunhalando-lhe pelas costas, é preciso que eu te diga que não tem problema chorar.
Ainda que sua doce presença ilumine o mundo apenas pelo fato de existir, é preciso que eu te abrace e lhe diga que és importante.
Ainda que o mundo todo esteja ao seu lado, é preciso que eu lhe ame, para que possa sentir-se amado.

Mas peço-lhe, por favor, que não esqueça que sou também tão frágil quanto é um dente-de-leão.
Que, por favor, lembre-se de me fazer rir de vez em quando.
Peço-lhe que, vez ou outra, me abrace e e diga que eu posso chorar.
E me lembre que, mesmo eu, sou alguém muito importante.
Por ultimo, mas não menos importante, me ame.
Pois eu tiro a minha força para manter-lhe de pé do amor que recebo tão carinhosamente de ti.




------------------

Outro texto de minha autoria. Estou ligeiramente desanimada com o blog e, por tanto, sem vontade de escrever. E mesmo que tivesse, não tenho nada pra escrever.
Agradeceria de coração se não saíssem distribuindo o texto. D: Porque me deixa triste. *morre*
Beijos para todos.


OuvindoBrothers on a Hotel Bed do Death Cab for Cutie

domingo, 30 de maio de 2010

O Amor é Mar

O Amor é mar. Por vezes dorme, por vezes grita. Por vezes encanta por sua beleza e sua sinceridade cristalina, por vezes assusta com sua obscuridade em mar revolto.
Amar é cair de cabeça na água, então. Aventurar-se pelos corais e pelos cantinhos secretos da imensidão azul. Agarrar-se a qualquer superfície fixa e passar por todas as tempestades. É olhar com admiração toda a beleza de seus peixes e saber temes seus tubarões.
Amor é mar.
Simbora nadar!


Bianca Molica.

---------------

É, eu sempre escrevi textos dos mais diversos temas, então pensei: porque não postá-los? O blog é meu mesmo. Tenho pavor de que algum desconhecido apareça por aqui, roube, mande pro namorado (a) e diga "Ah, fui eu quem fez", mas ok. Eu supero. Prontofalei.
Como vão vocês, queridos?! Eu vou bem, obrigada. Eu sei que troquei meu layout já fazem uns três dias, mas a moral é que eu ia sair com meus amigos na sexta-feira e resolvi esperar pra postar, aí eu teria algo legal pra dizer. Mas fiquei com preguiça ontem, então, venho hoje mesmo. Tá mais que bom. 8D Mas vamos logo ao que interessa, eu enrrolo demais nesse começo.
Bom, ignorando todo o resto desde a última postagem, sexta-feira eu e minhas amigas fomos na pastelaria aqui perto. E foi super divertido! Até mexeram com a gente na rua, e minha amiga deu uma cortada incrível no cara! (Resumindo, ele disse "Ooooi" e ela, jogando os cabelos e fazendo aquele charme, gritou um "Tchau!" muito bem gritado. Nem preciso falar que morri de rir, né?) Depois ainda demos um fora num outro garoto, mas daí é outra história. Também falamos um monte de besteiras e rimos demais - em resumo, foi muito divertido. Acho que preciso mesmo fazer isso de vez em quando, afinal.
No sábado, minha avó veio em casa. Apesar da idade, ela tem um pique inacreditável, e quando eu acordei ela já tinha colocado minha mãe e meu irmão pra fazer faxina. Depois nós fomos todos almoçar em uma churrascaria aqui perto, e fui muito gostoso. Depois ganhei uma trufa de presente e, assim que chegamos em casa, voltamos pra faxina. De noite fui levar minha avó na casa dela, junto de minha mãe, e joguei um pouco de Metal Slug 2 até meu irmão liberar o computador. Cheguei até a última fase em uma hora e meia! o/ Mas, quem joga MS sabe que não precisa muito tempo pra zerá-lo, é só questão de habilidade e agilidade nos botões.
Hoje não fiz nada, praticamente. Meu pai chegou mais cedo do trabalho e acabei de comer pipoca. Amanhã tenho duas provas, e sinto que será um dia cansativo. D: Desejem-me sorte!
Kissu Kissu, Ja Ne!

Ouvindo Love me by Justin Bieber (é, pois é)
Beijo para Tappi, Conrado, Hitomi, Yuri, Amandinha, Becky, Kamila, Biny e Yuu-chan.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Dias de folga


Bem, todo mundo merece uma folga de vez em quando, e agora foi a minha. Tivemos conselho de classe, pra arrumar as notas, e segunda-feira é a reunião depois; sim, cinco dias em casa! Que sonho, não?
Bem, eu nem estou assim tão animadinha pra postar, tô super-morrendo de preguiça. Mas como disse Becky, eu estava precisando, então, cá estou eu.
A propósito, fiquei super feliz com a resposta de vocês ao post anterior! Fiquei pasma em ver que tem tanta gente daquela geração colorida e feliz! 8D Que tal a gente fazer um condomínio, hã? *Pose* Okay, deixa pra lá. Às vezes eu fico relendo as postagens do meu blog antigo, e fica batendo uma saudade bonitinha... daí saem posts nostálgicos. D: Mas, sério, adorei cada comentário! Vou respondê-los assim que terminar o post, ok?
Voltando aos meus dias de folga. Ontem e hoje eu não fiz nada realmente útil: arrumei a casa, brinquei com meu irmão e hoje fomos comer churros. Encontrei o nome do filme que eu estava procurando há algumas semanas e o aluguei ontem, super mágico! Já mencionei que "Mensagem Instantânea" é super cute? :3 Aí o resto do tempo eu gastei lendo mangás, jogando pupe e conversando com Yuri, Becky, Yuu-chan e Amandinha. Quem mais aí também sempre conversa com as mesmas pessoas e adora isso? o/
Quarta-feira - isso é o que chamo de volta no tempo! - faltaram nove alunos da minha sala que, mesmo com vinte e uma pessoas, ficou bem deserta. Foi divertido, a profª de biologia e o prof° de química nos deixaram relaxando e fazendo nada o dia todo. Recebi as provas de matemática e fiquei super pasma: achei que iria tirar um zeor bem grande em álgebra e uma nota mais ou menos em G.A., e foi justamente o contrário que aconteceu! Só Deus sabe como, mas tirei um 6 em álgebra, e pra minha tristeza um 3,5 em G.A. E eu achei que ia super bem nessa última! D: Mas ok, tirei notas boas nos trabalhos e já calculei minha média, fiquei com 7. Então estamos todos felizes! Ou não.
Também estou animadinha porque o Desafio Fairytale está pra começar, só falta uma inscrição. Vai ser divertido ter algo pra me distrair. Também fiz o meu primeiro lineart, e ficou super! Tudo graças ao apoio moral de Becky, então palmas pra ela! \o/ Estou até cogitando fazer uma conta no DeviantArt pra postar os desenhos e as pinturas que faço. Mas, como disse, cogitando... Enfim.
Acho que vou tentar escrever algo neste fim de semana, minhas fictions estão todas paradas. Também estou fazendo os preparativos (é certo dizer isso?) para a próxima versão, então eu volto com layout novo! Me aguardem, queridinhos. ;D
Fico por aqui. Já disse que estou com preguiça? Abraços de panda para todos, kisu kisu, ja ne!


Ouvindo Juvenile by HanaTan & Donishima
Beijos para todo mundo, porque estou feliz. Ou não.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Flash-back fora de hora.

23:58 não é hora de postar, fato. Mas vamos honrar a idéia do diário virtual e fazer um desabafo. Ou não. Eu só estava mesmo visitando blogs alheios por aí, vendo blogs antigos com a Becky, sentindo saudades do nosso tempo de animemaníacas, InuYashamaníacas e blogs de template shop, e me perdi em blogs de amiguinhos. E fiquei me perguntando: onde diabos foram parar as pessoas com quem eu me correspondia antigamente? Quer dizer, uau! Onde vocês foram parar? E mesmo a galera mais recente, os domains somem, os blogs somem e eles somem junto. Não se tem mais amiguinhos de eras como Becky, como Jejé e tal. Não se conhece mais gente na sala de anime do Bate Papo Uol.
Vamos fazer um super flash back aqui.
Eu realmente senti uma nostalgia daqueeelas agora, senti falta de quando eu postava plaquinhas de "oi" e "tchau" e fazia posts de cinco linhas. Falta dos tempos em que era um sonho distante ter um layout com o nome do seu blog estampado nele - e olha só o meu como é hoje, todo coloridinho e gay. Falta dos tempos em que meus posts eram curtos e sem nada, que terminaram com letras de música e, mesmo assim, todo mundo achava massa.
Mas o que me deu vontade mesmo de postar foi essa coisa de as pessoas sumirem. Nossa, tem vários blogueiros épicos com quem eu gostava de conversar, pessoas que eu admirava e hoje nem sei onde eles foram parar - eu espero de coração que eles ainda existam. x-x Mas vamos lá, quanta gente não mudou de nickname, de blog, de domínio, de hostee, de cidade, sumiu por anos e voltou depois. Pensem nisso e não ousem dizer que não sentiram falta. E quem não sente falta do Condomínio da Otakus? xD Quer dizer, esse é o maior marco histórico ever! Mas mesmo quando a gente tenta trazer essas coisas de volta, elas quase nem têm a mesma graça de antes. Antes era mágico, era inusitado e a gente admirava todas aquelas síndicas que tinha habilidades sobrehumanas no fireworks e no photoshop. E hoje a galerinha mais nova nem conhece elas, na maioria das vezes.
Tinha também aquele "febre" das fanfics, em que todo mundo escrevia e lia assiduamente. Hoje, só continuam nessa aqueles que eram fãs mesmo.
Não que eu esteja criticando nem nada. Quer dizer, olha esse post super filosófico! Eu nunca teria sequer a idéia de escrever algo assim naquela época. A gente só amadureceu e deixou certas coisas de lado... mas vejam, foi uma delícia participar disso tudo, não? Bem, eu adorei.
Acho que toda a galera que ler isso vai se lembrar de uma coisa ou outra. Ou não! Mas, a moral era queeu só queria tagarelar mesmo. Kisses para todos, queridos leitores!

"Eu não vou te escrever uma canção de amor
Porque você me pediu isso,
Porque você precisa de uma, veja só!
Eu não vou te escrever uma canção de amor
Porque você me diz que 'é escrever ou terminar'
Se você está indo embora,
Eu não vou escrever para você ficar
Se tudo o que você oferece é ir embora,
Eu vou precisar de uma razão melhor
Para te escrever uma canção de amor hoje"

Sara Bareilles, Love Song.


Ouvindo Love Song by Sara Bareilles
Beijo para todo mundo!

domingo, 18 de abril de 2010

Odeio digitar a URL do blog.

... e sim, eu sei que isso é algo bem nada-a-ver, mas é um fato. Hoje eu me diverti me inscrevendo em alguns awards - oh, que saudade dessas coisas - e notei que a url do meu blog não aparecia nos formulários (naquele recurso mágico do windows de completar as palavras, sabem?). Bom, pra ser sincera, eu nunca gostei de digitar a URL do Hishoku e eu sempre soube disso, mas só agora eu resolvi compartilhar esse fato com o mundo. Eu adoro a URL, é toda linda e tal, mas ela é consideravelmente longa e eu uma preguiçosa sem-remédio. É super automático digitá-la, mas só de pensar eu faço careta. D:
Mas fazer caretas não tem muito a ver com a URL do blog. Eu passo a maior parte do tempo com a mesma cara da plaquinha, essa coisa meio "WTF". Às vezes eu queria ter um espelho pra ficar de olho em mim mesma, porque toda vez que converso com as pessoas elas são risadas e jogam a culpa em mim, dizendo alog tipo "Essa sua cara!..." e afins. Afinal, o que tem de errado com as minhas expressões faciais? Pelo menos eu sou uma pessoa expressiva. Mas por causa disso eu acho, na maior parte das vezes, que a expressão "Cara de Palhaço" se encaixa bem em mim. Ou não.
Prefiro não descobrir, se querem saber.
Voltando ao mundo das pessoas comuns, eu até trago novidades hoje. Fiquei tão empolgada em confessar a minha preguiça que me veio até pique de postar, não é engraçado? Se não é, ok também. Eu achei. Mas, enfim, troquei o meu monitor! O marido da minha prima - ééé, meu primo - parece que nos deu o monitor dele... ou algo assim. É do mesmo tamanho do outro, que um outro primo havia emprestado - já que o meu queimou -, mas este aqui é mais nítido! E pessoas que enxergam embaçado sem os óculos não gostam de enxergar embaçado com eles, vocês sabiam? Eu praticamente colava meu nariz na tela quando estava mexendo no photoshop! E por mais que a cena seja engraçada, dá uma dor de cabeça danada, isso.
Essa semana que passou veio com provas, trabalhos e seminários, e essa semana que está por vir vem cheia de provas, trabalhos e seminários. Eu acho que estou até me acostumando com a idéia de ter um monte de coisas pra fazer. No entanto, preciso confessar que já não estão assim tão boa aluna como no início do ano, porque estou preguiçosa. Mas vou tentar mudar isso!
A propósito, quero avisar que, por motivos totalmente desconhecidos por minha pessoa, a janelinha dos comentários do post mais recente não abre no Mozilla Firefox. É, não perguntem porquê, mas sintam-se à vontade pra comentar no post anterior, se for necessário. E não, eu não vou quebrar a minha cabeça pra arrumar isso, eu já disse que não sei o que é. _ _''' E ademais, o html é o mesmo desde os primórdios da pré-história - mentira - então não é algum erro que eu tenha cometido. Culpa do Reblogger, talvez?
Aproveitando essa coisa de falar do blog pra pedir uma ajuda: será que algum de vocês acompanhou o Hishoku no ano passado? Eu usei uma versão da Maka Albarn branca e cinza, com a música Papermoon da Tommy heavenly6, e eu simplesmente não me lembro quando ela foi ao ar. Sabem me dizer se foi antes ou depois da versão de aniversário? Eu vou pular de felicidade se vocês souberem! 8D Sério mesmo.
E, ahn, eu não estou assim com tanto pique de postar, só tava com pique. Aliás, ele já foi embora. o_o Então eu vou encerrar essa postagem assim, bem do nada mesmo.
Mil beijos para tooodos vocês! Kisu kisu, ja ne! o/
[EDIT] Se clicar duas vezes nos links, eles abrem! *acabou de descobrir* Isso vale pros comments também! *-* [/EDIT]


Ouvindo My name is love by Amy Diamond
Beijo para Tappo, Hitomi, Naru, Becky, Biny, Yuu-chan. :*

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Oh... o ócio.

O lado bom de ter como hobbie caçar avatares no LiveJournal é, justamente, ter sempre um estoque infinito deles quando você tem preguiça de fazer os seus. Mas isso não vale pra mim, pois tenho um estoque dos meus também - só queria um que fosse mais bonitinho e filosófico. Bem, escolhi esse. 83
Como vão, queridos leitores?! Disse que voltaria e voltei - super oficialmente desta vez! Pra ser sincera voltei já deve fazer uma semana, mas... bem. Não adianta vir aqui correndo pra postar sem ter algo pra postar, não acham? E eu realmente continuo sem o que dizer, ou talvez só me falte inspiração mesmo. Acho até que vou postar algum textinho legal pra não ficar uma coisa vazia e WTF.
Queria primeiramente agradecer todos os comentários! Fiquei super feliz que passaram dos 10 em ambos os posts! Gosto de saber que estou conversando com alguém, de certa forma. 8D Só quero dizer que eu não sou fanática por eles, mas que é realmente gratificante e animador saber que alguém está lendo o que eu digo aqui, me faz sentir bem. Então, super agradecimentos pra vocês!
Agora, sobre blog, em teoria eu deveria trocar o layout este mês. Mas o ccs deste aqui ficou tão cute, tão girly e lindinho que me dá uma dó danada de trocar. De qualquer forma, as imagens da próxima versão estão todas prontinhas, então é só iniciar o html. Mas a preguiça fala mais alto, então vai demorar mais um pouquinho. Eu gostei desta versão atual, vocês não? Bem, vai ficar de qualquer forma. u_u Hunf!
Postar me lembra que hoje tive uma breve discussão sobre blogs na aula de filosofia. O que gosto muito desta aula é que o professor atual preza essa coisa do debate, de cada aluno expressar suas idéias sobre o conteúdo que ele está passando. Semana retrasada fiz o melhor seminário da minha vida na aula dele: nosso grupo tinha 15 pessoas, escolhidas de forma aleatória (pelos números de chamada) por ele, e conseguimos explorar o tema de forma que a sala inteira ficou em silêncio durante quase todo o tempo! Usamos praticamente 40 dos 50 minutos de aula, mas nossa nota foi boa, então estou toda feliz. Mas, voltando ao assunto de blogs, o "tema" da aula de hoje foi A Vida Ficcional, onde as pessoas usam a internet para sua auto-divulgação e para esquecer dos problemas de fora, algo tipo "Vida virtual". O texto-chave da aula falava, justamente no primeiro parágrafo, de uma "febre confissional nos blogs". E eu fui contra, porque acho que o blog não é só uma maneira de se expressar, mas também de aprender, de exercitar a leitura e a escrita e, por que não, de conhecer pessoar novas e fazer amigos. Muita gente descobre mais sobre mim lendo este blog do que falando comigo pessoalmente, se querem saber - até porque sou bem tímida - e eu comecei a conversar com a minha melhor amiga por aqui. Então, a moral é que defendi o uso do mundo virtual com o argumento de que não se trata de confundir ou separar a realidade da virtualidade, mas sim de não trocar uma pela outra, saber usufruir de ambas de forma saudável. E, bem, eu acho que o professor até concordou comigo quando eu mostrei que os amiguinhos virtuais podem vir para o "mundo real", de forma saudável. XD Mas a tese de graduação dele foi justamente uma crítica a toda essa tecnologia e globalização, orkut, msn e derivados, então não o fiz mudar de idéia. Mas, enfim.
Aproveitando rapidinho para divulgar aqui o Desafio Fairytale, que está com as inscrições abertíssimas - lembrando que não é necessário ter um blog para participar.


Bem. Tenho mais algo pra dizer? Acho que não, no fim das contas. Vamos voltar com calma, sim? Sei que o post foi meio sério (?) e tlavez até sem-graça, mas é a falta de vontade mesmo. xD
Até a próxima, queriiiidos leitores! Kisu Kisu, Ja Ne!


Ouvindo Monster by Lady GaGa
Beijo para Tappi, Hitomi, Becky, Kamila, Haru, Mitsuboru e todos que deixaram sua marquinha no post passado.

sábado, 27 de março de 2010

Feliz 6 anos, Hishoku no Sora!



Só tem um motivo pra eu postar de uma lan house: o aniversário de 6 anos do meu blog! Dêem os parabéns a ele, e perdoem quaisquer erros feios de digitação, porque esse teclado aqui está me tirando do sério. 8D
Ahh, Hishoku! Comigo desde quando comecei a adolescência, lá pelos 11 ou 12 anos. Mudou de nome, de cara, de endereço tantas vezes, mas está aqui! \o\ Firme e forte como sempre! Nem mesmo uma falta de internet estúpida poderia me deixar longe de ti.
Eu e Hishoku agradecemos de coração a todos os nossos leitores, por lerem, por comentarem, por estarem conosco por todo este tempo.
Agradecemos à Becky, por ceder a nós um espaço em seu lindo domínio - que está de volta, então visitem - e por nos permitir crescer e chegar aonde estamos.
Agradecemos também a todos os meus amigos, que me ajudaram com photoshop, html, apoio moral e que vivem lendo as babaquices que aqui escrevo.
Parabéns, Hishoku no Sora! Que a nossa parceria dure ainda anos e anos, e que possamos juntos atormentar nossos pobres leitores!!!

Agora, sobre mim? Bem, me animo ao dizer que em breve estarei de volta! Agora sim terei pena de vocês, há-há-há! Tenham medo, leitores. Vou atormentá-los de mil formas neste ano de 2010! Ano louco de vestibular, de provas, de tanta coisa. Nem sei como vai ser minha vida. Mas se querem saber, estou indo muito bem na escola, até nas aulas de matemática estou aprendendo! Vamos ver até onde isso vai durar.

Aproveito para pedir desculpas pela falta de organização das páginas internas e do sistema de comentários, eu realmente não consegui fazer isso daqui da lan. Sério, me perdoem! Quando eu voltar, com novo lay e tudo, eu vou arrumar cada detalhe, prometo!

Queridos, me perdoem pela postagem corrida, sim? Eu realmente não consigo digitar! xD Só vim mesmo para não deixar esta data tão especial passar em branco. Logo estaremos de volta - eu e o Hishoku - com força total, nos aguardem!
Beijos mil para todos que nos acompanharam, e para todos que estão aqui lendo esse post maluco! xD

domingo, 7 de março de 2010

Evaporando novamente!

Bem, eu voltei pra dizer que vou embora novamente - e vejam se não é uma não-adorável ironia. Estou sem internet e sem modens emprestados desta vez, queridos. Acredito que ainda vou poder atualizar o blog da casa dos amiguinhos, mas não com uma frequência considerável, acredito. Anyway, o blog não está realmente sendo lido ultimamente - reforçando que eu conto isso pela quantidade de comentários que recebo - então talvez nem sintam assim tanta falta. xD Mas talvez seja uma boa para os amigos saberem que eu estou viva! *faz pose de herói*
De qualquer forma, o post é rapidinho mesmo. Vou aproveitar pra citar algumas novidades: minhas aulas começaram, e já estou com provas e trabalhos todos marcados e enlouquecendo. Fiz mais amigos este ano, e estou feliz com isso - talvez eu esteja perdendo um pouquinho da minha timidez.
Também estou me correspondendo com minha primeira amiga internacional! Ela é alemã, mas nos correspondemos em inglês. Eu realmente não consigo pronunciar quase nenhuma palavra de forma correta, mas consigo entender bem e estou começando a aprender a formular as respostas. Pensem se não estou surtando com este fato. :D
Outra novidade, desta vez menos feliz mas igualmente surtante, é que minhas matérias específicas na Fuvest serão biologia, história e matemática. E todo mundo sabe que eu odeio matemática justamente porque entendo bulhufas dessa matéria infeliz. Mas ok, eu vou superar isso e passar em primeiro lugar, vocês vão ver. Bom, pode ser o último, eu não ligo realmente. Desde que eu passe, é claro. D:''
Bom... são essas as novidades do momento. O post foi mesmo só pra dar um alô! Vou tentar postar aqui sempre que der, eu juro!
Kisses para todos vocês, queridos! Ja Ne! o/
Song: Starstrukk - 3Oh!3 feat. Katy Perry
Kisses: Tappi, Hitomi, Kamila, Becky, Kahsan, Nath querida, Conrado, Emily, Kira, Yuri, Dioh, Vini, Amandinha, Fram, Shiro, todo mundo que deixou comentáriozinhos lindos e meus queridos leitores! ♥

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Voltando à velha rotina

Campanella :3


Yup, estou de volta! Demorei de novo, como sempre demoro, mas vocês sabem como é. Enfim, minha rotina volta na semana que vem, já que na terça-feira começam minhas aulas. Eu confesso que estou muito ansiosa, porque ano passado fiz ótimos amigos e estou torcendo pra que fiquemos todos juntos novamente. Fora que este é meu último ano, e eu quero que seja um ano pra eu sempre lembrar. :3 Desta vez, definitivamente, vou começar uma nova fase da minha vida - querendo ou não - então é bom ir aproveitando enquanto é tudo só alegria. xD
Este ano eu e meu irmão mais novo estudaremos na mesma escola, porém em períodos diferentes. Ainda estou ligeiramente revoltada com o fato de que vou ter que acordar cedo todo dia pra arrumar ele e levá-lo até lá - ou não, vou fazer questão de ensinar o garoto a ir sozinho. Meu pai começou a trabalhar - um viva pra isso! - então agora tudo está por minha conta. Espero que dê tudo certo, odeio coisas corridas. _ _'' Mas, talvez tendo que acordar de manhãzinha eu termine meus afazeres cedo e aí possa aproveitar algum tempo de lazer, caminhar... estou pensando. o-ô Minha amiga me disse que vai ser bom pra mim, mas continuo com preguiça só de pensar em levantar às 6:00.
Bem, agora que estou com internet em casa - embora vá ficar sem de novo, a partir do dia 22 - eu não tenho feito nada de interessante. No fim de semana fui com minha amiga, , no shopping. Compramos um presente para o namorado dela, comemos pão de queijo e ficamos tagarelando sobre várias coisas. Depois fomos até a casa dela - que é praticamente do lado do shopping - e ficamos ouvindo música e tagarelando um pouco mais. Foi bem divertido, considerando que eu quase nunca saio de casa. É mais uma das minhas metas: sair mais. o-o Preciso aprender a me virar no mundo, logo, logo terei 18 anos e vou ter que aprender a ser independente na marra. u_u
Meus dias estão bem tranquilos, mas agora menos tediosos. Estou lendo mangás e gastando tempo com meus joguinhos e msn. Ontem passei a tarde caçando músicas de Vocaloid, e já fiz uma lista enorme para futuros downloads. \o/ Também abri dois blogs com uma amiga, mas ainda estão sendo "arrumados", então vou colocar aqui pra vocês quando tudo estiver ajeitadinho. Pra ser sincera eu não tenho nenhum assunto, só quis postar antes de ficar sem internet de novo. o-ô Mas acho que eu volto definitivamente em um ou dois meses... vamos esperar pra ver.
Aproveitando pra agradecer muito aos seus lindos comentários! :3 E pra dizer que eu sou destaque do blog da Natasha Belus! *-* isso é Totalmente demais, não é?!
Então, vou me despedindo por aqui, e deixo a plaquinha fofa pra vocês verem. :* Kisu Kisu, Ja Ne!



Aprovado por Natasha Belus




Song: Love Confusion - Kat DeLuna
Kisses: Pra todo mundo, todo mundo! *-*''

domingo, 7 de fevereiro de 2010

De volta! Ou não + Dezessete


Pois é! Vocês pensaram que tinham se livrado de mim, mas pensaram de mais e acertaram de menos. Faz um bom tempo que não posto nada, fiquei até com saudade ;w; Mas, enfim. Pra começo de conversa, é bom vocês irem me dando os parabéns, porque eu estou fazendo dezessete anos oficialmente, hoje. Pois é queridos, eu já sou gente grande! 8D Me respeitem, ou eu dou palmadas em todos vocês.
Quanto ao meu sumiço, devo algumas explicações, não? Todo mundo que acompanha o Hishoku deve ter notado que ele estava fora do ar desde dezembro - isso porque minha querida Becky teve alguns probleminhas com o domain, relacionados a spam. No entendo, eu estou sem internet na minha casa desde o dia 25 de dezembro - pois é, amei o presente - e não pude voltar com o blog até agora. Eu jamais pensei que a vida sem internet pudesse ser tão sem-graça. o_ô Sério, eu não tenho nada para fazer, estou quase mofando de tédio. Isso que dá não gostar de assistir televisão.
Mas as boas novas são mais alegres, como o fato de eu ter zerado Kingdom Hearts! *-* E já zerei o KH II também! Estou jogando agora o Re: Chain of Memories, e preciso dizer que é um saco. É absurdamente complicado e difícil, e ele me owna. ;w; Não é legal jogar coisas que você não consegue ganhar. Não há forma humanamente possível de matar o boss do mundo do Pinóquio. u_u E eu sou humana, até onde eu sei. Eu acho. É, devo ser.
Bem, como hoje é meu aniversário, já recebi vários telefonemas e tudo o mais, e ganhei até presente *-* Confiram:


Ganhei da Mitsuboru-san! Não ficou uma graça? *-* Me invejem totalmente, porque eu ganhei uma plaquinha lindíssima e vocês não. Hoje eu até fui acordada por uma ligação; recebi quatro telefonemas aos todo. Uma amiga de alguns anos, meus padrinhos, duas tias e minhas primas. Provavelmente tem alguns montes de scraps no orkut, mas eu ainda não olhei. Sei que ontem de madrugada tinham alguns, de alguns amigos. Enfim, aniversário é essa coisa. Meu pai e meus amigos vão jogar ovos na minha cabeça daqui alguns minutos, então estou só esperando. o_o Estou bem feita de amigos e família, não?
Bom... mudando drasticamente de assunto do nada, como sempre faço, eu queria avisar que estou com uns probleminhas pra organizar o blog. xD Estou voltando agora e nem sei até quando terei internet... falta arrumar as imagens por dentro, dos prêmios do blog e das fanlistings. Algumas outras coisas também, na verdade. Tá, na verdade, verdadeira, falta arrumar um monte de coisas. o_ô Mas eu vou fazer isso aos poucos, eu estou correndo atrás de várias coisinhas e matando as saudades dos amigos, por enquanto.
Apesar das férias paradas, dia 26 de janeiro eu me encontrei com Tappi. *-* Foi um dia magnificamente mágico, é tão divino estar com sua melhor amiga. Ela vai vir morar em São Paulo, o que significa que vou atormentar a vida dela quase sempre agora. Foi também a primeira vez que peguei um ônibus totalmente sozinha - vim do Butantã para Taboão da Serra, nem é tão distante. Mas foi um saco, porque estava chovendo e os motoristas de ônibus super educados de São Paulo faziam questão de passar nas poças de água, e além de me molhares dos pés à cabeça, várias senhoras idosas acabaram por molhar-se também. Achei um absurdo, uma falta de respeito desgraçada, mas não tive muito o que fazer. Por fim, voltei pra casa molhada e feliz. *dã* Eu ao menos me senti um pouco mais responsável e madura por voltar pra casa sozinha, e sem muitos problemas. 83
Bem. Este post foi mais para avisar que eu estou de volta. Senti saudade de todos vocês, queridos leitores! *-* Eu beijo enorme pra tooodos, com muito carinho e sabor de chocolate!
Kissu Kissu, Ja Ne!

Song: ORANGE - Toradora!
Kisses: Para Tappi querida, Becky, Tomi-chan e Shii-kun, Mitsuboru-san, Yuu-chan, Yuki querida, Kamila meu amor, Vini, Kira, Amendoim e Emily Doce, Jejé, Kahsan, Yot e toda a galera que acompanha o blog e leu o post.