quarta-feira, 28 de julho de 2010

I'll meet you in the sky




Que o nosso amor ultrapasse limites, atravesse fronteiras, que corra até cansar e viaje na leve brisa de verão.
Que possamos sempre sentir o calor de nossas mãos unidas, que possamos sempre sentir o carinho de nossos abraços e que possamos sempre sentir o amor de nossos beijos.
Que a vida nos traga novos sorrisos, novos sonhos e novas canções para que possamos cantar.
Que cada pequeno e simples gesto seja sempre único, que cada palavra doce e cada abraço seja incomparável e que cada olhar seja sempre inesquecível.
Que com estas mãos eu possa te entregar o meu amor, a minha vida e o meu tudo. E, se algo, algum dia, vier a nos separar, que eu possa te encontrar no céu, lá no alto, entre as nuvens, para que possamos viver tudo isso novamente.

domingo, 11 de julho de 2010

Falsos Amores + Férias + Bonnie&Clyde


Eu sou aquela que procurou incessantemente pelo amor, de todas as formas possíveis – de amar e procurar.
Conheci muita gente interessante, me atraquei com muitos caras fascinantes e fiquei ainda mais desejosa do que antes.
Viajei os quatro cantos do mundo, e li mil e um livros sobre amor. Todos os charmes e truques eu sei de cor, e, dos os sedutores, sou a pior.
Provei de beijos e vinhos e doces, provei do amargo em grandes doses e me deliciei em êxtase com cada uma das minhas posses, que, no final, nunca foram minhas.
Experimentei o amor em todas as suas variações e variedades, e me gabei deliciosamente das minhas diversidades. Vivi amores antigos e recentes, de filmes românticos e indecentes. Sonhei alto e caí desastrosamente, voei nos braços de muitos e amei desesperadamente. Senti em minha pele o calor sublime e desejei o amor como se fosse um crime.
Viajei por cada canto do planeta em busca do amor e experimentei todo tipo de dor. Enfim, alimentei meu desejo incomum até chegar a lugar nenhum.
Pois bem. Tentei tanto amar alguém que, no fim, não amei ninguém.

--------------------

Pois bem, eu estou gostando dessa coisa de iniciar posts com textos, É melhor começarem a se acostumar, queridos leitores, pois continuarei atacando! Há!
Troquei o layout, e acho que deu um "up" no blog. Fiz algumas mudanças, notaram? Acho que a mais "drástica" delas é a página de entrada, onde disponibilizei o download do IE Tab. Para quem não sabe que é, é um aplicativo bem pequenininho e simples, que possibilida uma visualização perfeita de páginas feitas para IE no Firefox e no Chrome. Acreditem, ele faz uma mágica incrível! Continuo me perguntando porquê não o instalei antes.
Bem, estou de férias! E, na verdade, já fazem dez dias, mas isso é um mero detalhe. Também ganhei de presente um roteiro de férias, o que me deixou consideravelmente desanimada, mas já terminei algumas coisas e, até o final da semana, creio que vou tê-lo resolvido por completo. Por enquanto, vou me concentrar em não fazer nada e aproveitar o meu delicioso ócio. :)
Esta semana fiz coisas legais, como ir na casa da Amanda estudar e fui no cinema quinta-feira, com ela e minha mãe. Assistimos Eclipse, e devo dizer que a produção do filme superou em vários aspectos os filmes anteriores. Acho que, agora que notaram que o lucro é enorme, resolveram não poupar nenhum centavo. xD Bem, é claro que os atores continuam os mesmos, Kristen continua praticamente com a mesma expressão facial o filme todo e Robert não consegue fazer o sorriso bonito do Edward do jeito que eu imagino que seja, mas, críticas à parte, o filme é muito bom. Aliás, acho que estou assim "crítica" por causa do Yuri, então, culpem-no. (y)
Quarta eu vou sair com Fernanda. Vamos ao cinema e tomaremos sorvete! Estou ansiosa, porque estou com um desejo avassalador de tomar sorvete. o_o E, claro, não falo com Fer desde que entramos de férias, então, estou com saudades.
Mudando quase que drasticamente de assunto, recentemente li uma reportagem sobre Bonnie e Clyde, um casal apaixonado de gangsters que aterrorizou os Estados Unidos há anos atrás. A revista é de fevereiro/2010, então eu estou realmente desatualizada. Mas, de qualquer forma, a reportagem fala sobre o livro "Wanted Lovers - As Cartas de Amor de Bonnie & Clyde", que reúne cartas trocadas entre os dois protagonistas. Bonnie e Clyde também foram tema de um filme, cuja uma nova versão está sendo feita. É claro que, no filme, o amor entre o casal tem muito mais glamour e "maquiagem" comparado à realidade, mas, acho que vale a pena assistir. Estou em busca do antigo, e vou aguardar pelo novo, que vai se chamar "The Story of Bonnie and Clyde" e será estrelado por Hillary Duff e Kevin Zegers - que eu particularmente achei um gato. Vale lembrar que a nova versão não é um remake da antiga, então, se tiver qualquer mudança maluca, já sabem. As filmagens começam em novembro, então, provavelmente só vamos vê-lo em cartaz ano que vem. De qualquer forma, acho que vai valer a pena conferir, pelo menos para conferir a história desse "amor bandido" entre duas pessoas.
Na reportagem há trechos de duas cartas, que eu vou colocar aqui porque achei bem interessantes. =)


"Estou só e triste, te quero mais que minha própria vida. Se você ficar mais tempo preso me tornarei tão louca quanto uma rata de manicômio."
De Bonnie para Clyde (março de 1930)

"Minha linda e doce esposa, também me sinto terrivelmente triste e só. Como vai o trabalho? Algum bêbado passou dos limites com você? Se acontecer, anote seus nomes porque eu não vou passar toda a minha vida nesse casebre"
De Clyde para Bonnie (sem data)


Interessante, não? Bem, de qualquer forma, eu fico por aqui. Kisses para todos, Ja Ne! o/

Ouvindo Bleeding Love - The Baseballs
Beijos para Tappi, Hitomi, Ado, Emi, Becky, Kira, Biny, Yuri, Yuu-chan, Kamila e Vini ♥